segunda-feira, maio 24, 2010

Inquieta ou nervosa, nem sei...

Postado por Renata F.C às segunda-feira, maio 24, 2010

"Não tenho paciência para ouvir os outros, não tenho paciência para viver, não tenho paciência para morrer, estou aqui, parada, num desequilíbrio interminável, nunca mais acabo de cair, irrito-me se me falam, sofro se me não dizem nada, odeio o gesto caridoso: a mão de alguém nos meus cabelos, o que eu quero é uma voz que me queira, um momento de descanso nessa voz."

[Texto de um blog: 
http://sarah-metamorfose.blogspot.com/]

1 comentários:

Borboletando... on 24 de maio de 2010 20:20 disse...

" Enfim, nao sei porque (me aparece agora essa velhinha de Florenca, tao velhinha que talvez ja tenha morrido) quando tantas coisas importantes tem acontecido no mundo, depois desse pequeno episódio. Mas esse pequeno episódio é um ponto inconsolável no meu coração. ( Cada um sabe de que são feitos os seus sofrimentos.) - Trecho final da crônica ( extraido do livro: Ilusões do mundo)

Postar um comentário

 

Cantando o Porvir. Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting