segunda-feira, fevereiro 15, 2010

Fado...

Postado por Renata F.C às segunda-feira, fevereiro 15, 2010
 "Se a minha alma fechada pudesse mostrar,  o que eu sofro calada... 
Se pudesse contar, toda a gente veria quanto sou desgraçada, quanto finjo alegria,
    Quanto choro a cantar(..)

Chego a querer a verdade
E a sonhar - sonho imenso -
Que tudo é felicidade
E tristeza não há...."

*Que deus me perdoe
[Composição: Silva Tavares e Frederico Valério]

1 comentários:

manuel afonso on 16 de fevereiro de 2010 10:31 disse...

Esperemos que seja só poesia e essa tristeza não exista. O poeta é um fingidor, finge tanto que finge ser dor a dor que realmente sente...
Depois, sempre é melhor fingir tristeza e fazer esforço para não deixar transbordar a alegria que nos invade (pelo menso em determinadas circunstânicas mais sérias).
Por agora, viva a alegria e o carnaval.

Postar um comentário

 

Cantando o Porvir. Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting